• Home
  • Sobre o Blog
  • Quem Somos
  • Artigos
  • Contato
  • O mistério de Deus - Por Joice Lourenço



    Há algum tempo saímos da igreja onde congregamos alguns bons anos. Havia chegado o tempo de sairmos de lá. Foram anos maravilhosos e edificantes, inesquecíveis também.
    Não é fácil sair de uma ambiente onde estamos familiarizado com tudo e com todos.
         
    Então começamos a nossa busca por outro lugar para participarmos. Mas não é tão fácil assim. Algumas igrejas por mais que gostamos, sabíamos que não era o nosso lugar.
    Ficamos sabendo de uma pequena igreja que abriu pertinho de casa (Uhuuuu!!!!), então começamos a ir, gostamos, mas depois deixamos de ir.
    O tempo passou, assistíamos os cultos pela TV, amei as pregações e tudo mais, mas o meu coração batia mais forte em estar num lugar assim. Estar juntos com os irmãos cantando louvores, ter aquela comunhão tão gostosa. Meu coração ardia por isso, e sempre orava pedindo a Deus que nos mostra-se o nosso lugar.

    Sexta-feira disse ao meu marido "Domingo vamos a igreja", nem mesmo sabendo em qual iriamos. Mas não podíamos ficar parados, tínhamos que ir atrás de algum lugar. Então algo impressionante aconteceu.
    No Sábado à noite acabamos indo numa festa julina na igreja do meu cunhada, conhecíamos o pessoal de lá e tudo mais. O interessante é que não tínhamos planejados ir, ficamos sabendo em cima de hora e decidimos ir. Chegando lá, ficamos observando as coisas, comendo cachorro-quente e brincando um pouco. Então de repente o meu marido é preso (na brincadeira), fiquei surpresa e desconfiada da minha querida cunhada (risos). Enfim, fiquei lá do lado da "cadeia" esperando quanto tempo ele iria ficar lá. De repente escuto a voz dele:
    _ Você nos abandonou!
    Olhei confusa para a mulher com quem ele estava falando. Ele dentro da "cadeia", ela fora.
    Até que a reconheci, assim que ela me viu também me reconheceu ficando toda feliz.
    Daqui a pouco o marido dela apareceu, e ficou também todo feliz em nos ver.
    Ficamos nos perguntando como eles estavam ali, e eles o mesmo. Eram os pastores daquela igreja pertinho da minha casa. Ficamos admirados por esse encontro em que nunca imaginaríamos. Seria coincidência?!!
    Não, de maneira alguma, e sim "jesuincidência". Sentimos que foi um encontro que Deus planejou. Por que foi algo realmente misterioso e incrível. Ficamos conversando como nunca conversamos na igreja, nos conhecendo um pouco mais e descobrimos que a igreja havia mudado de lugar, para um lugar maior (mas ainda perto de casa). Não contei de um detalhe, em que pensamos que eles tinham ido para outra cidade, por que o lugar onde era feito os cultos estava fechado, é por que eles haviam mudado...

    Mas de uma maneira surpreendente e misteriosa, além de incrível, Deus nos mostrou o caminho.
    Aquele mesmo Domingo fomos à igreja, àquela igreja que deixamos de ir por meses, acabou sendo o nosso cantinho que tanto procurávamos. Quem diria que estava ao nosso lado e não percebemos. Foi incrível e nos animamos, assim como eles quando nos virão. Foi benção! Uhuuuuuu!!!!

    Querido, Deus sabe de todas as coisas. Por mais que você ore e não encontre a resposta, não desista.
    Continue na sua busca, a resposta vem quando menos esperamos, mas Deus com certeza vai te surpreender, por que Ele escuta as batidas do seu coração, aquilo que tanto te angustia e suas dúvidas.
    Ele está bem do seu ladinho, mesmo que as vezes parece que você está sozinho.

    Ore, confie, descanse nos braços daquEle que prometeu que NUNCA vai te abandonar.


    2 comentários :

    1. Que lindo!
      Deus sempre nos surpreende mesmo.

      Beijos,
      Hannah - Secrets of Book.

      ResponderExcluir
    2. Ao passar pela net afim de encontrar novos amigos e divulgar o meu blog, me deparei com o seu que muito admiro e lhe dou os parabéns, pois é daqueles blogs que gostaria que fizesse parte de meus amigos virtuais.
      Pois se desejar visite o Peregrino E Servo. Leia alguma coisa e se gostar siga, Saiba porém que sempre vou retribuir seguindo também o seu blog.
      Minhas cordiais saudações, e um obrigado.
      António Batalha.
      http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

      ResponderExcluir